10 filmes que foram destaque em 2010

26 dez

10. Amor sem escalas (Up in the air, 2009)

Filme que convence pelo trabalho dos atores e por um roteiro que, mesmo com um argumento enfadonho, sustenta a trama do início ao fim, graças à riqueza dos diálogos. A direção de Jason Reitman é o arremate final para esta pequeno filme que surgiu como favorito ao Oscar, mas por aqui passou despercebido.

 

9. Kick-Ass: Quebrando tudo (Kick-ass, 2010)

Também teve uma passagem discreta pelos cinemas brasileiros, mas se consolidou como uma das melhores adaptações de HQs. Com uma linguagem videoclíptica, de edição rápida e diálogos ágeis, cenas de ação empolgantes e personagens carismáticos, Kick-ass, de quebra, também traz um Nicholas Cage inspirado.

 

8. Megamente (Megamind, 2010)

Novo clássico do cinema de animação, Megamente, da Dreamworks, nos presnteia com um roteiro irônico, hilário e cheio de referências. O filme brinca com a tradicional luta do bem contra o mau, com os estereótipos de mocinho e vilão e tenta provar que nem sempre grandes poderes são sinônimo de grandes responsabilidades.

 

7. Preciosa: Uma história de esperança (Precious: Based on the Novel ‘Push’ by Sapphire, 2009)

O filme mais impactante do ano revelou talentos como Gabourey Sibide e Mo’Nique, que acabou levando um Oscar no papel da mãe que maltrata a filha, e ainda uma inusitada e competente participação de Mariah Carey. A revelação que a mãe faz no final do filme é de embrulhar o estômago e já vale toda a projeção.

 

6. Tropa de Elite 2 (Tropa de Elite 2, 2010)

Tropa 2 bateu todos os recordes e ainda fez chegar um cinema inteligente a um público que estava acostumado com Stallone e Van Damme. Com um roteiro muito mais consistente, José Padilha elevou a discussão levantada no primeiro filme, tocando em assuntos delicados de forma clara, apesar de um certo didatismo.

 

5. Guerra ao terror (The hurt locker, 2008)

Inquestionável melhor filme de guerra da década, Guerra ao terror traz um retrato psicológico da guerra como somente Apocalipse Now e Platoon já haviam feito. Ao retratar o trabalho de um esquedrão antibombas no Iraque, nos transporta para um cenário de caos que mexe com as emoções de quem está de um lado e do outro da tela.

 

4. Ilha do medo (Shutter island,2010)

Martin Scorsese repete a parceria com Leonardo DiCaprio e acerta mais uma vez. O longa tem ares de suspense que remete aos de Cabo do Medo, e, mesmo com um final previsível, mantém a curiosidade e tensão necessárias para um filme do gênero ser bem sucedido.

 

3. Toy Story 3 (Toy story 3, 2010)

A Pixar soube aproveitar o longo intervalo entre o último e este filme para escrever um roteiro que trata de despedida e amadurecimento ao retratar, mais uma vez, os laços de amizade que nos definem como seres humanos. Toy Story 3 traz cenas de partir o coração, sem cair no pieguismo barato e com o bom humor de sempre.

 

2. A origem (The inception, 2010)

Outro grande filme com Leonardo DiCaprio, o ator do ano. Com a ajuda da edição eficiente de Lee Smith, A origem mistura cinema de arte, que lembra David Lynch e Charlie Kauffman, com cenas de ação que tornam o filme ainda mais envolvente. Com este longa, Christopher Nolan entra para a galeria de diretores cujos filmes são imperdíveis.

 

1. A rede social (The social network, 2010)

A década de 2010 não poderia acabar sem A rede social. Mesmo com o roteiro difícil na mão, David Fincher consegue traduzir com prefeição o que define a Geração Y. As brilhantes atuações de Jesse Eisenberg, Andrew Garfield e Justin Timberlake, a trilha sonora e a edição empolgantes e os diálogos ágeis são os destaques.

Anúncios

4 Respostas to “10 filmes que foram destaque em 2010”

  1. Gabriel segunda-feira, dezembro 27, 2010 às 18:10 #

    Matheus, um conselho. Vá menos ao cinema do Ilha Plaza e vá mais aos de outros bairros… hehehehe

    Abraços.

    • matheuscarrera segunda-feira, dezembro 27, 2010 às 18:21 #

      hahahaha…se tivesse mais tempo, dinheiro e paciência eu até iria…

      • matheuscarrera quinta-feira, dezembro 30, 2010 às 23:47 #

        Pô Gabriel, falou mal da minha lista, mas a sua tem cinco filmes iguais! rsrs

        Os outros eu realmente não vi, mas acho que, se tivesse visto, não mudaria muita coisa, pois estes são bem a minha cara mesmo…rsrs

  2. gabrielbenamor segunda-feira, janeiro 3, 2011 às 20:53 #

    hahahaha… eu não falei mal, eu só tava brincando contigo.

    O único filme na sua lista fora dos EUA é Tropa de Elite 2. Isso é um sintoma de Ilhaplazismo. Precisa de medicação! rs A Ilha do Medo eu gostei, mas o fim é previsível e isso meio que mata um filme de mistério. Precious é muito dramalhão pro meu gosto, mas vale.

    Megamente e Kick-Ass são legais, mas eu não acho tão bom quanto os outros. Eu continuo achando que a Pixar ganha sempre com os personagens e os roteiros. O Megamente personagem é muito maneiro, mas os outros são meio rasteiros. (Spoiler!) O MetroMan não mostra sinal de desgaste em nenhum momento, por que ele resolveu sumir do nada? A Dreamworks ainda falha muito nisso e não parece que vá melhorar, porque estão preocupados em fazer 3 ou 4 lançamentos por ano.

    Kick-Ass é bem divertido, mas a história é um apanhadão de clichês. O rapaz não é popular, só tem dois amigos nerds, quer pegar a menina popular. O filho do vilão tenta impressionar o pai. O Nicholas Cage quer vingar a morte da esposa. Lógico que como é sátira, tudo isso é proposital, mas eu prefiro dar crédito a quem inovou. Baixa O Pequeno Nicolau, vale muito a pena.

    Os outros filmes devem estar na lista de todo mundo. Guerra ao Terror, A Origem, A Rede Social, Tropa 2 são meio que unanimidades.

    abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s