10 trilhas sonoras de um artista só

27 mar

Sucesso de bilheteria nos Estados Unidos, está em cartaz nos cinemas brasileiros a animação Gnomeu e Julieta, de Kelly Asbury (diretor de Shrek 2 e Spirit, o corcel indomável). O filme é mais uma releitura da clássica tragédia de William Shakespeare. Desta vez, dois gnomos de jardins inimigos se apaixonam. A trilha sonora reúne, em sua maioria, canções compostas por Elton John. Um dos destaques da trilha é a canção Hello, hello, interpretada pelo próprio em dueto com a popstar Lady GaGa.

Mas essa não é a primeira vez que um único artista domina a trilha sonora de um longa-metragem. Desconsiderando filmes biográficos (Piaf, Johnny & June) e caça-níqueis (O mundo das Spice Girls, Crossroads, Glitter), eis uma lista de dez trilhas sonoras com músicas de um único artista de que consegui lembrar.

(Vale destacar que nenhuma lista postada neste blog é fechada, portanto, contribuições são bem-vindas).

10. Spirit, o corcel indomável (canções de Bryan Adams)

Spirit é uma sensível pequena obra, com tomadas estonteantes. As composições de Bryan Adams narram a história de amizade entre um índio americano e um selvagem corcel. Apesar da falta de novidade, Adams compôs uma trilha eficiente e que funciona mesmo fora da tela. Existe uma versão em português, gravada por Paulo Ricardo, mas é melhor nem chegar perto dessa.

 

9. Interstella 5555 (canções do Daft Punk)

A animação nasceu a partir das músicas do álbum Discovery da dupla de música eletrônica Daft Punk. Cada clipe do álbum virou um episódio da história, que conta o sequestro e o resgate de uma banda  interestelar. A produção é uma parceria da dupla com a japonesa Toei Animation, a mesma de Cavaleiros do Zodíaco e Dragon Ball.

 

8. Mamma Mia! (canções do Abba)

Baseado em um espetáculo musical de sucesso, o filme, assim como a peça, foi criado a partir das músicas da banda sueca. O longa tem atuações medíocres e alguns momentos bem constrangedores, mas as músicas divertem e são seu único mérito.

 

7. Across the universe (canções dos Beatles)

A diretora Julie Taymor (Frida) faz uma homenagem à maior banda de todos os tempos neste simpático musical que segue a mesma linha de Mamma Mia!. Tem um visual caprichado, mas deixa a desejar no roteiro.

 

 

6. Dick Tracy (canções interpretadas por Madonna)

Ainda na fase Blond Ambition, Madonna atua e interpreta as canções do clássico Dick Tracy, baseado no comic book de Chester Gould. As canções misturam pop, dance e jazz e estão reunidas no sétimo álbum da carreira da popstar, I’m Breathless, uma referência ao personagem que ela representa nas telas. A música Sooner or later chegou a levar o Oscar de melhor canção em 1991.

 

5. Uma lição de amor (canções dos Beatles)

I am Sam (no original) foi o filme que lançou a atriz Dakota Fanning ao estrelato. Mas não é só a menina prodígio que se destaca no longa. Mais uma vez, os Beatles dominam a trilha sonora. Mas aqui as canções não são cantadas pelos atores e sim por um elenco de grandes nomes da música internacional, como Sarah McLachlan, Sheryl Crow, The Wallflowers, Eddie Vedder e Ben Harper.

 

4. Não estou lá (canções de Bob Dylan)

Não estou lá não é uma biografia tradicional, por isso entra na lista . O diretor Todd Haynes usa as várias fases musicais de Bob Dylan para relembrar fatos marcantes da vida do cantor. As músicas, portanto, têm papel fundamental no longa, pois norteiam a narrativa. As canções são interpretadas pelo próprio, por atores que se revezam no papel principal ou por artistas como Eddie Vedder e Sonic Youth.

 

3. George, o curioso (canções de Jack Johnson)

Essa simpática animação reúne canções do quarto álbum do havaiano Jack Johnson. O grande mérito da trilha é trabalhar harmoniosamente com a história de um macaco sapeca que vai parar na cidade grande por acidente. As músicas possuem a inocência de uma cantiga de roda ou de uma canção de ninar. Os destaques são o tema principal, Upside down, que chegou a fazer bastante sucesso por aqui, e a regravação de We’re going to be friends.

 

2. Apenas uma vez (canções do The Swell Season)

A dupla de folk rock formada pelo irlandês Glen Hansard e pela tcheca Markéta Irglová deslanchou depois do lançamento do filme Apenas uma vez, em 2006. O vozeirão de Hansard e a melancolia de Irglová embalam a narrativa que conta uma história simples de forma inteligente e emocionante. Oscar de melhor canção em 2008 para Falling slowly.

 

1. Na natureza selvagem (canções de Eddie Vedder)

Menosprezada pela Academia, mas elogiada por público e crítica, a trilha do vocalista do Pearl Jam para o filme do Sean Penn já se tornou um clássico. Eddie Vedder ajudou a transmitir, mesmo com músicas sem letras, o espírito que Penn quis passar ao espectador e ainda escreveu letras que refletem parte dos pensamentos do personagem de Emile Hirsch. Tocante e genial.

Anúncios

8 Respostas to “10 trilhas sonoras de um artista só”

  1. lekotabarez quinta-feira, março 31, 2011 às 09:36 #

    nao acho que as musicas da trilha de “into the wild” sejam sem letra, não sei se do teu ponto de vista ou da “ACADEMIA” só olhar um exemplo, a música NO CEILING(2) ^^

    • Matheus quinta-feira, março 31, 2011 às 10:23 #

      Acho que você não entendeu o que eu disse, ou de repente não fui claro, lekotabarez. Quis dizer que mesmo nas músicas da trilha que não possuem letra, como “The wolf” ou “End of the road”, Vedder consegue transmitir o sentimento do personagem com a mesma eficiência e genialidade que “Society”, “Hard Sun” e “Guaranteed”, que têm letras. Consegui esclarecer?

  2. Gabi quinta-feira, março 31, 2011 às 11:13 #

    Muito interessante o post!
    Eu acrescentaria na lista a trilha sonora de Homem de Ferro 2, que é inteira composta pela banda de hard rock australiana AC/DC =)

  3. João quinta-feira, março 31, 2011 às 13:41 #

    me corrija se estou errado mas Young Guns I e II tem a trilha toda do bon Jovi, não é???

    • Raphael quinta-feira, março 31, 2011 às 14:38 #

      rsrsrs esse foi longe.
      Realmente o Jovem demais para morrer (Young Guns 2) tem, além da trilha instrumental de Alan Silvestri, músicas do Bon Jovi. A mais famosa é Blaze of Glory.

      A trilha sonora do primeiro tem outros artistas no meio.

  4. Midori segunda-feira, abril 18, 2011 às 22:18 #

    E “Embalos de sábado à noite” que tem trilha dos Bee Gees? Aliás, ideia e condição para que John Travolta participasse do filme!

  5. Fernando quarta-feira, janeiro 11, 2012 às 11:13 #

    E TRON?

    • Matheus Carrera quarta-feira, janeiro 11, 2012 às 17:16 #

      Bem lembrado! Pelo menos o Daft Punk está bem representado. Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s