10 grandes lançamentos para assistir em 2012

9 jan

Avatar que se cuide. 2012 pode ficar na História como o ano em que o recorde de espectadores foi quebrado, mais uma vez. Para provar o que estamos dizendo, preparamos uma pequena lista de 10 candidatos a blockbuster de 2012. Alguns deles podem ficar só na promessa, afinal, os amigos do marketing sempre exageram nas campanhas e no material de divulgação. Mas muitos deles são aposta certa de estouro de bilheteria, como Batman e Os Vingadores.

Por causa do espaço, diversos filmes que também queremos muito ver este ano ficaram de fora, portanto, você pode lembrar de outros títulos nos comentários. É bom reforçar que a ordem reflete a preferência de quem vos fala, logo, vai do filme menos esperado para o mais esperado, e não do pior para o melhor, afinal, os filmes são inéditos.

Então,  2012, sente-se e fique à vontade. A gente estava esperando por você.

10. As aventuras de Tintim (The adventures of Tintin, EUA/Nova Zelândia, 2011, dir.: Steven Spielberg)

Era uma aposta de 2011, mas com o injusto atraso, ficou como uma boa pedida para as férias de 2012. Steven Spielberg se une a Peter Jackson na aguardada adaptação da obra do cartunista belga Hergé. Na primeira história da trilogia, o jovem e destemido repórter e o amigo Capitão Haddock partem em uma viagem em busca de um navio naufragado, que esconde um segredo, quando descobrem que outras pessoas estão na mesma caçada. Somente a parceria de Spielberg e Jackson já seria um bom motivo para ir ao cinema. Isso somado ao carisma do personagem, à velha conhecida e sempre eficiente tecnologia de captação de movimentos usada no longa de animação e ao elenco encabeçado pelos competentes Jamie Bell, Andy Serkis e Daniel Craig devem fazer do filme um dos sucessos do nosso verão.

Previsão de estreia: 20 de janeiro

9. Prometheus (Prometheus, EUA, 2012, dir.: Ridley Scott)

Ficção-científica de Ridley Scott com roteiro de Damon Lindelof. Se somente essa frase não te convencer a ir ao cinema em 2012, meu amigo, é porque você precisa ler um pouco mais. Se der uma folheada em qualquer guia de cinema, vai logo ver filmes como Alien: O oitavo passageiro e Blade Runner: Caçador de androides na lista de melhores ficções de todos os tempos. Adivinha quem dirige ambos? Scott retorna ao gênero que o consagrou, depois de se aventurar por filmes de guerra, épicos e até comédias românticas, sem muito sucesso. Mesmo sem lançar um bom filme desde, pelo menos, Falcão Negro em perigo (2001), o cara deve atrair a atenção de muita gente com esse longa que, dizem, nasceu depois de vários prelúdios de Alien terem sido cancelados. No elenco, Guy Pearce, Michael Fassbender (o novo Magneto), Charlize Theron e Patrick Wilson (de Watchmen e Pecados íntimos). E Damon Lindelof? Bom, esse é só um dos roteiristas e co-criador da série Lost.

Previsão de estreia: 8 de junho

8. American Pie: O reencontro (American reunion, EUA, 2012, dir.: Jon Hurwitz e Hayden Schlossberg)

A comédia que marcou quem passou a adolescência nos anos 2000 está de volta. Isso soaria péssimo, afinal, o filme já teve seis sequências, com os mais variados atores. Mas a boa notícia é que todo o elenco original está de volta e o roteiro parece seguir a linha Pânico 4: vamos fazer piada com nossos pontos fracos para celebrar um gênero que conquistou o público de uma época. A história se passa dez anos depois do casamento de Michelle (Alyson Hannigan) e Jim (Jason Biggs). Kevin (Thomas Ian Nicholas) e Vicky (Tara Reid) se separaram, Oz (Chris Klein) e Heather (Mena Suvari) estão se distanciando aos poucos, mas Finch (Eddie Kaye Thomas) continua louco pela mãe de Stifler (Sean William Scott), que pode ganhar um novo namorado. O clima de nostalgia deve imperar e isso pode atrair a geração que cresceu com essa turma, afinal, a primeira torta de maçã a gente nunca esquece.

Previsão de estreia: 20 de abril

7. 007: Skyfall (Skyfall, EUA/Reino Unido, 2012, dir.: Sam Mendes)

Nenhum outro filme cria mais expectativa que o novo James Bond. Quem será a bond girl? Quem vai cantar a música-tema? Quem vai fazer o vilão? E o diretor? O último ator que interpretou o agente será mantido? Quem pode substituí-lo? A produção de 007 é sempre cercada de mistérios e nós ficamos loucos correndo atrás das respostas, especulando, torcendo. Algumas dessas perguntas já foram respondidas em uma coletiva de imprensa há pouco tempo (como ainda não há trailer, o vídeo é um trecho desse evento). Daniel Craig encarna o agente pela terceira vez, Sam Mendes (de Beleza americana) dirige, Javier Bardem é o vilão e Naomi Harris e a francesa Bérénice Marlohe fazem as bond girls. Houve boatos que Adele poderia cantar a música de abertura, mas nada oficial, ainda. Além de Craig, quem volta é Judi Dench, no papel de “M”. A trama, aliás, gira em torno dela. Segundo a sinopse oficial, “a lealdade de James Bond a M será testada quando o passado dela vem à tona. Quando o MI6 é atacado, 007 precisa encontrar e destruir a ameaça, não importa o quão pessoal seja o custo”. O filme está sendo rodado em Londres, mas ainda deve passar pela China, Turquia e Escócia.

Previsão de estreia: 9 de novembro

6. O espetacular Homem-Aranha (The amazing Spider-Man, EUA, 2012, dir.: Marc Webb)

Esse não é o quarto filme do amigo da vizinhança. Não se pensarmos em termos narrativos. O espetacular Homem-Aranha, para quem ainda não sabe, é um recomeço. A precoce ideia de voltar à origem de uma franquia que teve início há apenas dez anos pode até nos deixar com pé atrás, mas as primeiras imagens mostram um esforço do diretor Marc Webb (de (500) dias com ela) em trazer os fãs da série em quadrinhos mais próximos do filme, respeitando a cronologia dos fatos e a estética dos quadrinhos. Uma decisão louvável, já que algumas adaptações feitas por Sam Raimi não agradaram muito. Mesmo assim, Raimi já havia feito um bom trabalho nos dois primeiros longas do Aranha. Depois do intragável terceiro filme, era de se esperar que a saga do herói ficasse por aí. Mas um herói tão rico e tão humano merecia um fim melhor e a notícia do recomeço pareceu até um alívio. A expectativa é que a tecnologia 3D, a direção de Webb e a escolha de Andrew Garfield (o amigo traído de Zuckerberg em A rede social) e Emma Stone (de Zumbilândia e A mentira), como protagonistas, corrijam o equívoco.

Previsão de estreia: 3 de julho

5. A invenção de Hugo Cabret (Hugo, EUA, 2011, dir.: Martin Scorsese)

Scorsese, sem DiCaprio depois de dez anos de parceria, estreia na direção de um filme em 3D com uma história fantástica com crianças como protagonistas. O filme sai na frente na corrida pelo Oscar com indicações a melhor filme e direção no Globo de Ouro e no Critics Choice Awards, o prêmio da Associação de Críticos de Cinema de Hollywood. Para um diretor como Scorsese, a possibilidade de prêmios não é novidade, mas no gênero, sim, afinal, fofura nunca foi um elemento presente na sua cinematografia, e isso, por si só, já deve atrair a curiosidade de quem acompanha a obra dele. A trama se passa em Paris, na década de 1930, e conta a história de um menino órfão que vive em uma estação de trem e se vê envolvido em um grande mistério acerca do desaparecimento do seu pai. A direção de arte, maquiagem e figurino também são destaque e prováveis vencedores de prêmios nesta temporada. Jude Law, Sacha Baron Cohen, Ben Kingsley e Christopher Lee estão no elenco.

Previsão de estreia: 17 de fevereiro

4. Millennium – Os homens que não amavam as mulheres (The girl with the dragon tattoo, EUA/Suécia/Reino Unido/Alemanha, 2011, dir.: David Fincher)

Depois de fazer o melhor filme de 2010, na minha opinião, David Fincher volta em grande estilo com a adaptação do primeiro volume da série de livros Millennium, de Stieg Larsson. Os homens que não amavam as mulheres é, na verdade, uma refilmagem de um elogiado filme sueco, que passou no Brasil no mesmo ano que A rede social, filme que consolidou Fincher na galeria dos grandes cineastas do cinema contemporâneo. O trailer é uma preciosidade: mais de 8 minutos de imagens e diálogos que instigam a curiosidade sem entregar partes cruciais da trama, como todo trailer deveria ser. No filme, um jornalista investigativo – vivido por Daniel Craig – se une a uma hacker incontrolável e antissocial na busca por uma jovem de 16 anos, desaparecida há 36, em uma ilha particular. Vale destacar a trilha sonora da dupla vencedora do Oscar Trent Reznor e Atticus Ross, que dá o tom de suspense que o filme exige.

Previsão de estreia: 27 de janeiro

3. Os Vingadores (The Avengers, EUA, 2012, dir.: Joss Whedon)

Ir ao cinema para ver um filme da Marvel e ficar até depois dos créditos era um ritual obrigatório. A cena esperada, muitas vezes, nem era uma surpresa, pois já estava nas redes sociais há semanas, mas a expectativa de ver na tela grande aquilo que poderia revelar um pouco do próximo filme do estúdio fazia valer a pena sacrificar alguns minutos e sair da sala mais tarde. Quando a cena prometida revelava algo da trama de Os Vingadores, então, era sair dali e debater o possível desenrolar da história em uma mesa de bar. O ritual terminou com o lançamento do fraco Capitão América – O primeiro vingador, mas a espera pelo longa que traz os principais heróis da Marvel acaba este ano. Alguns detalhes do roteiro vazaram na internet, mas para evitar o spoiler, digamos apenas que Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Capitão América (Chris Evans), Thor (Chris Hemsworth), Gavião Arqueiro (Jeremy Renner), o incrível Hulk (Mark Ruffalo), Viúva Negra (Scarlett Johanson) e Nick Fury (Samuel L. Jackson) se reúnem na agência de espionagem internacional S.H.I.E.L.D. para defender o planeta e a humanidade de ameaças intergalácticas.

Previsão de estreia: 27 de abril

2. Batman: O Cavaleiro das Trevas ressurge (The Dark Knight rises, EUA/Reino Unido, 2012, dir.: Christopher Nolan)

Confesso que o excesso de expectativa em torno do filme me deixou mais cauteloso. Tenho medo de expressões como “A conclusão épica” ou “A lenda termina”, exibidas no trailer, pois geram uma expectativa que, às vezes, pode não se cumprir. A culpa é do próprio Nolan, que criou um novo clássico com Batman – O Cavaleiro das Trevas, de 2008, e agora me parece um pouco deslumbrado com a recepção positiva aos seus últimos filmes. Nolan deu a impressão de querer misturar duas de suas obras-primas: e se A Origem encontrasse Batman? A concepção visual, principalmente com a imagem dos prédios caindo, e a trilha sonora criam uma atmosfera muito similar a de seu último filme. Isso somado ao fato de o elenco ter alguns atores em comum: Tom Hardy (Bane), Marion Cottillard (Miranda Tate), Michael Caine (pela terceira vez como Alfred) e Joseph Gordon-Levitt (John Blake). É muito provável que as semelhanças terminem aqui, mas a comparação é inevitável. Outro fator que se destaca são as possíveis surpresas que o filme pode nos  proporcionar. Será John Blake o Robin? Os mais paranoicos viram no “R” que aparece na palavra “Rogue”, carregada pela torcida no estádio de beisebol durante o trailer, uma referência ao personagem. Selina Kyle (Anne Hathaway) vai aparecer vestindo a roupa da Mulher-Gato? Pelo menos as orelhas estão garantidas. A gente espera que a diversão de qualidade também.

Previsão de estreia: 27 de julho

1. O Hobbit: Uma jornada inesperada (The Hobbit: An unexpected journey, EUA/Nova Zelândia, 2012, dir.: Peter Jackson)

A adaptação cinematográfica da história que deu origem à trilogia O Senhor dos Anéis, já que é nela que Bilbo Bolseiro encontra o Um Anel, se deu em meio a muitas incertezas sobre quem assumiria a direção, quem estaria no elenco ou mesmo se o filme sairia de fato. Mas, para nosso alívio, Peter Jackson decidiu voltar à Terra Média, oito anos depois de cravar seu nome na história com O retorno do Rei. Como, de lá pra cá, Jackson teve de lidar com a morna recepção de seu King Kong e o fiasco de Um olhar no paraíso, assumir O Hobbit parecia redentor. Para ele e para os fãs. Depois de assumir a direção, tudo começou a caminhar de forma fluida. Guillermo del Toro, que assumiria a direção, entrou para a equipe de roteiro e divide o crédito com o próprio Jackson e as velhas parceiras dele, Fran Walsh e Philippa Boyens. O filme vai reunir praticamante todo o elenco principal dos três filmes anteriores: Ian McKellen, Ian Holm, Elijah Wood, Orlando Bloom, Hugo Weaving, Cate Blanchett e, claro, Andy Serkis, como Gollum. Martin Freeman (de O guia do mochileiro das galáxias) será o jovem Bilbo e Benedict Cumberbatch fará a voz do dragão Smaug. A eterna Kate de Lost, Evangeline Lilly, fará uma elfa criada especialmente para o filme, Tauriel. Para os mais ansiosos, vale conferir o videolog na internet, com imagens dos bastidores da produção. O filme foi dividido em duas partes, e a segunda só estreia em dezembro do ano que vem, sob o título de Lá e de volta outra vez.

Previsão de estreia: 14 de dezembro

–xx–

Veja também:

10 trilhas sonoras de um artista só

O surto pseudointelectual de Aronofsky em "Cisne Negro"

"O Discurso do Rei": atores se destacam em filme mediano

Anúncios

5 Respostas to “10 grandes lançamentos para assistir em 2012”

  1. Adonis domingo, março 25, 2012 às 12:11 #

    Millenium = lixo

  2. Michel sexta-feira, julho 13, 2012 às 23:09 #

    Adorei o American Pie só risada

  3. Marcos quarta-feira, novembro 28, 2012 às 03:38 #

    Batman uma nhaca.

  4. mar quinta-feira, dezembro 27, 2012 às 11:22 #

    nao acredito que amanhecer parte 2 nao esteja na lista e se tivesse tinha que estar em primeiro lugar ele e´o melhor filme que eu ja vi!

  5. mar quinta-feira, dezembro 27, 2012 às 11:32 #

    eu ja vi prometheus.o espetacular homem aranha,batman o cavaleiro das trevas ressurge, e as aventuras de tintim, e gostei de todos eles,recomendo todos esses,naum posso recomendar os outros porque naum vi.
    BJS galera espero que gostem destes filmes!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s